Instituto Padre Haroldo é primeira instituição Beneficiada pela Campanha do Agasalho da Transurc

O Instituto Padre Haroldo é a primeira instituição beneficiada pela Campanha do Agasalho “Doe e aqueça sua alma”, organizada pela Transurc. A entidade recebeu hoje a doação de cerca de 785 peças, que vão tornar mais quente o inverno das crianças atendidas.

A campanha começou no dia 16 de abril e já conta com o reforço da solidariedade de duas escolas particulares de Campinas: o Colégio Básico, no Chapadão, e o Colégio Inovar, no Parque Industrial. As duas escolas promovem a campanha do agasalho junto aos seus alunos, e as doações virão para a triagem e distribuição da Transurc.

A Campanha “Doe e aqueça sua alma” é uma iniciativa da Transurc, do Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros da Região Metropolitana de Campinas (SetCamp) e das concessionárias do transporte público de Campinas (VB1, VB3, Pádova, Onicamp, Campibus e Itajaí) e da região (Rápido Luxo Campinas, Rápido Sumaré e Viação Boa Vista), em associação com a Fundação Feac e as Rádios Cidade e Laser.

Os donativos podem ser entregues no ônibus com o adesivo da campanha, estacionado no Largo do Rosário, de segunda a sexta-feira, das 8 às 18 horas, e aos sábados, das 8 às 13 horas.

Além disso, caixas para recolher as doações estão disponíveis nos terminais de ônibus: Central, Ouro Verde, Campo Grande, Mercado, Barão Geraldo e Metropolitano, e ainda nas sedes da Transurc, da Feac e nas garagens das concessionárias. A campanha prossegue até 1º de julho.

No ano passado, a Campanha do Agasalho organizada pela Transurc conseguiu uma arrecadação recorde de 19,6 mil peças, doadas diretamente a 24 instituições beneficentes do município. Em 2016, foram 15,5 mil peças e 18 instituições atendidas.

Para divulgar a iniciativa, o ônibus adesivado com a identidade visual da campanha, cedido pelas concessionárias do transporte coletivo, vai permanecer no Largo do Rosário durante todo o período da arrecadação.

Além disso, nos próximos dois meses haverá também anúncios em jornais, divulgação em sites e redes sociais das instituições parceiras e cartazes distribuídos em todos os ônibus, além de painéis instalados nos vidros traseiros dos ônibus (busdoors).

Marcela Doni, responsável pelo Programa Cidadania Ativa e assessora técnica do Centro de Voluntariado Feac, acredita que campanhas como esta são importantes porque sensibilizam as pessoas para a causa do frio, que provoca sofrimento para muitas pessoas e famílias, que não têm como se aquecer.

“Conseguimos despertar o senso de coletividade nas pessoas e estimulá-las a se tornarem agentes de mudança. Afinal, quem participa, além de aquecer muitas famílias, contribui para a realização de bazares e brechós nas entidades, com a renda sendo revertida em mais recursos para estas organizações sociais e para a melhoria do atendimento à população”, avalia Marcela.

Entre as próximas entidades beneficiadas pela campanha estão o Centro Corsini, o Centro Social Romília Maria, o Cepromm e o Lar dos Velhinhos. A Campanha do Agasalho arrecada roupas, cobertores e sapatos em bom estado para crianças e adultos. Participe desta boa ação!

 

Pontos de coleta:

  • Largo do Rosário
  • Feac
  • Terminal Central
  • Terminal Ouro Verde
  • Terminal Campo Grande
  • Terminal Mercado
  • Terminal Barão Geraldo
  • Terminal Metropolitano
  • Transurc
  • Garagens das concessionárias de ônibus

 

Sobre o Instituto Padre Haroldo (IPH)

 

Fundado em 1978 pelo Padre Haroldo Rahm, o Instituto Padre Haroldo (IPH) é uma entidade filantrópica que desenvolve trabalhos na área de prevenção, cuidados e educação com populações socialmente vulneráveis e/ou em risco social. Atende desde bebês e crianças a partir de 6 anos, adolescentes, jovens e adultos.

Surgiu para atuar na recuperação de dependentes químicos, mas expandiu sua atuação para um programa de prevenção com crianças e adolescentes e abriu serviços de acolhimento em regime residencial. Atua por meio de atividades voltadas ao esporte, lazer, arte e cultura e do desenvolvimento de competências que fortalecem as comunidades onde atua.

A entidade agradece todo o tipo de doações, pois os itens que não servem para doação imediata para os atendidos são disponibilizados para venda no bazar. As roupas masculinas são as mais necessárias para a instituição, que atualmente atende 150 homens, segundo a gestora administrativa do IPH, Myriam Maldonado Martins. “Nós sempre precisamos de roupas, pois muitos chegam aqui para o tratamento só com a roupa do corpo. Além disso, é comum eles engordarem durante a estadia e perderem as roupas que usavam antes”, explica a gestora.