A prevenção é azul e rosa

4 de outubro de 2017 Sem categoria Comentários desativados em A prevenção é azul e rosa

Outubro e novembro são meses de cuidados especiais à saúde da mulher e do homem. Para as mulheres, outubro reforça a atenção à prevenção contra o câncer de mama. No mês seguinte, é a vez de os homens atentarem para a necessidade de fazer regularmente os exames preventivos contra o câncer de próstata. A Transurc, o Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros da Região Metropolitana de Campinas (SetCamp) e as concessionárias do transporte público estão engajados nessas causas.

Nos próximos dois meses, todos os funcionários da Transurc serão convidados a portar um bottom nas cores azul e rosa com as palavras “Outubro Rosa, Novembro Azul”. As ações preveem também veiculação de mensagens de conscientização em painéis traseiros dos ônibus e divulgação em todos os canais de comunicação da associação, como redes sociais, site e jornais.

“Os ônibus e nossos canais de comunicação têm grande visibilidade entre a população. Ao apoiar a causa, esperamos contribuir para que cada vez mais mulheres e homens realizem os exames de prevenção contra o câncer de mama e o câncer de próstata e passem regulamente pelo ginecologista e pelo urologista”, afirma Paulo Barddal, diretor de Comunicação e Marketing da Transurc.

Câncer de mama

O câncer de mama é uma das principais doenças da saúde da mulher. Diversos fatores estão relacionados à doença, entre eles obesidade, principalmente após a menopausa, sedentarismo, sobrepeso, consumo de bebida alcoólica e exposição frequente a radiações ionizantes (raios X). Também são situações importantes a primeira menstruação antes de 12 anos, o fato de não ter tido filhos, primeira gravidez após os 30 anos, não ter amamentado.

A doença também pode ocorrer em razão de fatores genéticos, como história familiar de câncer de mama e ovário, principalmente em parentes de primeiro grau. É importante lembrar, porém, que a presença de um ou mais desses fatores de risco não significa que a mulher terá necessariamente a doença. Amamentação, prática de atividade física e alimentação saudável com a manutenção do peso corporal são fatores de proteção e estão associados a um menor risco de desenvolver o câncer de mama.

Autoexame
Quanto antes o câncer de mama for diagnosticado, maiores as chances de cura. O autoexame das mamas pode ser feito pelo menos uma vez ao mês, preferencialmente no mesmo dia do mês, para que as mulheres se familiarizem com suas mamas. Após os 40 anos, a mamografia é um exame importante para a detecção da doença e recomenda-se que seja feita pelo menos uma vez por ano.

Câncer de próstata

O câncer de próstata é o segundo mais comum entre homens, ficando atrás apenas do câncer de pele não melanoma. Estima-se que sejam diagnosticados anualmente 60 mil casos.
A doença ocorre quando as células da próstata, glândula localizada próxima da bexiga, começam a se multiplicar de forma desordenada. Na fase inicial, o paciente não apresenta sintomas, o que reforça a importância para os homens de realizar os exames específicos indicados pelo médico, a partir dos 45 anos. Homens que possuem histórico familiar da doença devem iniciar acompanhamento antes e avisar seu médico.

O exame de PSA (antígeno prostático específico) é a melhor forma para o diagnóstico do câncer de próstata, mas o exame de toque não o substitui. Outra forma de combater a doença é dizer não ao preconceito. Homens acima de 45 anos devem fazer regularmente o exame de toque retal e dosagem de PSA. Procure seu urologista.

Transurc - Associação das Empresas de Transporte Coletivo Urbano de Campinas - 0800 014 02 04

  Pressione ESC para continuar a navegação

rvn_digitalis_2_theme rvn_digitalis_2_theme_tv_1_2 rvn_digitalis_2_theme_fwv_1_1