Caravanas com ônibus iluminados acontecerão nos dias 19 e 20, com saídas de Hortolândia e Valinhos, respectivamente

Dezenas de veículos do transporte urbano e metropolitano, decorados com luzes de led, circularão por ruas e estradas da Região Metropolitana de Campinas (RMC). A primeira caravana acontecerá no dia 19 e sairá de Hortolândia, com destino a Catedral Metropolitana, em Campinas. A segunda, no dia seguinte, sairá de Valinhos, passará por Vinhedo, e terminará na praça central do Bairro Capela. Ambas as carreatas começam às 18h30 e têm término previsto para as 20h30.

Em cada um dos ônibus, um Papai Noel e dezenas de funcionários de diversas empresas, como a Rápido Luxo Campinas, Viação Lira, Ouro Verde, Rápido Sumaré, West Side, VB Transportes e Turismo e a Transportes Capellini, líder do Consórcio BUS+, participarão dos eventos. “Serão duas grandes caravanas que têm como objetivo levar a alegria para os usuários, crianças e demais cidadãos dessas localidades”, afirma Paulo Barddal, diretor de Comunicação do Grupo Belarmino.

No ano passado, várias empresas do setor participaram do evento. Mas, para este ano, com a colaboração de centenas de funcionários, entre os quais motoristas, mecânicos, eletricistas, administrativo, fiscais e inspetores, as caravanas serão ainda mais alegres e coloridas. A carreata do dia 19 terá o apoio da Empresa Municipal de Desenvolvimento de Campinas (Emdec).

Confira, abaixo, o itinerário da Caravana de Natal (dia 19):

Saída da garagem da Transportes Capellini, em Hortolândia, Avenida Santana até Terminal de Hortolândia, Avenida Olívio Franceschini, Avenida da Emancipação, Rodovia SP-101, com chegada a Campinas pela Avenida Lix da Cunha, Terminal Metropolitano, Avenida Campos Sales, Avenida Senador Saraiva, Terminal Central, Avenida Moraes Sales, Avenida Irmã Serafina, Avenida Anchieta, Avenida Orosimbo Maia e Avenida Francisco Glicério, com ponto final em frente à Catedral.

Itinerário da carreata do dia 20:

Saída da garagem da Rápido Luxo, em Valinhos, Rodovia Francisco Von Zuben (SP- 091), Avenida Dom Nery, Avenida Quinze de Novembro, Rua Treze de Maio, Avenida dos Esportes, Rua Treze de Maio, Avenida Paulista, Rodovia Municipal dos Andrada, Avenida Avelino Capellato, Rua Olívio Thomé, Avenida Presidente Castelo Branco, Rua Santa Cruz, Rua Aníbal Lélis de Miranda, Rua Humberto Pescarini, Rua Riachuelo, Rodovia Estadual Vereador Geraldo Dias (SP-332), Rua Washington Luiz, Rua Armando Steck, Avenida José Niero, Rodovia Romildo Prado (SP-063), Viaduto Rodovia Anhanguera (SP-330),          Avenida José Nicolau Strabile, Avenida Paulo Prado, Rua Ricieri Chiquetto, Rua Antonio Chicalhone, Rua Roberto Mazali, Rua Santo Scaranci, Rua Nerina, Rua Antonio Chicalhone, Rua Ayrton Pagoto, Avenida Paulo Prado, Rodovia Anhanguera (SP-330), Rodovia Engenheiro Miguel Melhado Campos (SP-324), Rua João Edueta, Rua João Degelo, Rua Nicolau von Zuben, Rua Antonio Amstalden, Rua Suíça, Rua Nossa Senhora de Lourdes e ponto final na praça da Capela.

Cadastros serão retomados a partir do dia 2 de janeiro e as compras a partir do dia 20 do mesmo mês

Por conta das férias escolares, a partir de amanhã, dia 7, o cadastramento para obtenção do Bilhete Único Universitário e Escolar será suspenso. A partir do dia 16, as recargas também serão suspensas. Conforme a determinação da Secretaria Municipal de Transportes (Setransp), o processo de cadastro será retomado no dia 2 de janeiro, enquanto as vendas no dia 20 de janeiro.

A Associação das Empresas de Transporte Coletivo Urbano de Campinas (Transurc) informa que os alunos do curso de educação profissional técnica de nível médio, enquadrados na legislação vigente, desde que comprovada a continuidade das aulas durante o período de férias escolares, continuarão a fazer as recargas normalmente.

Estudantes dos ensinos Fundamental e Médio e de cursos técnicos que utilizaram o Bilhete Único Escolar em 2019, devem confirmar sua matrícula na escola para agilizar a aprovação do benefício e manter o desconto na tarifa de ônibus em 2020.

A Associação das Empresas de Transporte Coletivo Urbano de Campinas (Transurc) espera receber 25 mil solicitações de estudantes de Campinas para obter o Bilhete Único Escolar em 2020 e 11 mil para o Bilhete Único Universitário.

Para tornar mais ágil o processo, os cadastros de estudantes que tiveram o Bilhete Único Escolar em 2019 e irão utilizar o benefício em 2010, já foram enviadas em novembro informações para a renovação automática para as 300 escolas da rede pública e privada de Campinas. O processo de renovação é de responsabilidade dos estabelecimentos de ensino, que o fazem após a confirmação das matrículas dos alunos para o próximo ano letivo.

A partir de 2 de janeiro, os alunos que permanecerão estudando nas mesmas escolas poderão acessar o site da Transurc, ratificar os dados cadastrais, emitir o boleto bancário e efetuar o pagamento da taxa. Após o pagamento, em um prazo de cinco dias úteis, será liberado o cadastro para esses estudantes. A recarga poderá ser feita a partir de 20 de janeiro. A Transurc espera beneficiar cerca de 10 mil alunos dos ensinos Fundamental e Médio com o procedimento.

Quem mudou de estabelecimento de ensino ou de residência, ou não tinha o benefício em 2019, deve entrar, também a partir de 2 de janeiro, no site da Transurc (www.transurc.com.br), acessar os ícones: cadastro escolar ou cadastro universitário, e seguir as instruções para fazer sua solicitação on-line. Será necessário preencher todos os dados solicitados, além do número do CPF, de uma foto e comprovante de residência válido. Tudo em formato digital.

O resultado de todas as solicitações será disponibilizado pela internet, a partir de 2 de janeiro de 2020. Depois disso, todos os estudantes que tiveram o cadastro aprovado devem pagar a taxa no valor de duas tarifas vigentes, cujo boleto para pagamento deve ser impresso por meio do site, para a liberação da recarga ou do cartão (para os novos) em cinco dias úteis (a partir do dia 20 de janeiro).

Em caso de dúvidas sobre este benefício, os usuários podem ligar no Disque-Transurc, pelos fones: 0800 014 0204 ou 4003-6578.

Quem tem direito

O Bilhete Único Escolar (cartão azul) pode ser utilizado pelos estudantes dos ensinos Fundamental, Médio e cursos técnicos da rede oficial e particular, e propicia um desconto de 60% na tarifa de ônibus. É oferecido para os alunos que residem na cidade, a mais de 1.000 metros do estabelecimento de ensino.

Os estudantes universitários que frequentam aulas em regime presencial integral também precisam se cadastrar pelo site para ter direito ao Bilhete Único Universitário (cartão cinza), que concede um desconto de 50% na tarifa. O interessado deve morar em Campinas, estar regularmente matriculado em instituição de Ensino Superior do município e residir a mais de 1 quilômetro da universidade. Mesmo os estudantes que usufruíram o benefício em 2019 devem se recadastrar pelo site.

 

VB1 e VB3 resolveram presentear usuários com ônibus decorados com luzes

   

 

A partir de segunda-feira, dia 2, as ruas de Campinas ganham mais brilho com os ônibus natalinos que entrarão em operação. O clima de Natal estará presente em quatro ônibus das concessionárias VB1 e VB3, que atuam na região 1 (azul clara) e na região 3 (verde), respectivamente.

Os veículos iluminados vão circular durante todo o dia, mas com as luzes natalinas acesas assim que escurecer, a partir das 18h, e na madrugada.

Segundo o Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros da Região Metropolitana de Campinas (SetCamp), além dos ônibus de Campinas, que são de empresas do Grupo Belarmino, a região  também será premiada com outros ônibus iluminados para o Natal, de empresas que também fazem parte do mesmo grupo: a Rápido Luxo e a Viação Capellini, líder do Consórcio BUS+.

“Esta é uma forma de mostrarmos nossa gratidão aos passageiros que utilizam ônibus, além de contribuirmos para tornar a cidade e a região mais bonita e alegre com as luzes de Natal”, explica Paulo Barddal, diretor de Comunicação do SetCamp.

Confira onde estarão os ônibus Natalinos:

  • VB1

– ônibus prefixo 1435 – Linha 1.31 Terminal Vida Nova / Corredor Central;

– ônibus prefixo 1401 – Linha 1.30 Terminal Vida Nova / Terminal Central via Terminal Ouro Verde (semiexpressa).

 

  • VB3

– ônibus prefixo 3196 – Linha 3.49 – Proença x Castelo

– ônibus prefixo 3240 – Linha 3.60 – Vila Formosa x Rodoviária

A chegada de 27 novos ônibus da VB3, com ar-condicionado, agradou em cheio os usuários, que desde o mês de outubro podem usufruir de um transporte urbano bem mais fresquinho em várias linhas. Estes são os primeiros ônibus com ar-condicionado a operar pela empresa, no transporte urbano de Campinas. Hoje, começaram a rodar mais sete veículos na linha 1.30 – Semi Expressa, operada pela VB1.

E quem conta como está sendo a recepção dos usuários à novidade são os motoristas destas linhas. O motorista Lacorderio Arruda Santos, da linha 338 – Terminal Barão Geraldo/Shopping Iguatemi, por exemplo, dirige pela primeira vez, em 25 anos de profissão, um ônibus com ar-condicionado, e ele já aprovou a novidade. “Agora ficou comum ouvir do passageiro que ele está sem vontade de descer, de tão bom que está o interior do ônibus”, conta.

De acordo com Santos, os usuários gostaram da novidade, que também beneficiou os motoristas. Afinal, eles passaram a trabalhar em um ambiente muito mais agradável. “É uma beleza! E os usuários também ficam mais tranquilos, sem passar calor”, diz.

O motorista achou muito bom ter ar-condicionado no ônibus, mas lembra que é preciso ficar sempre atento com a manutenção do equipamento, pois o ar precisa estar bem regulado para não afetar o rendimento do veículo.

“O pessoal da manutenção daqui da VB3 já está craque em regular o ar-condicionado dos novos ônibus que chegaram”, afirma. O setor também está preparado para fazer a limpeza frequente do acessório, nos novos ônibus.

O motorista Eduardo Papa Paes, da linha 360 – Jardim Proença/Castelo, que trabalha há 16 anos como motorista, também gostou muito de dirigir o ônibus com ar-condicionado. “A gente fica mais descansado”, afirma. Segundo ele, os passageiros também ficam mais animados em pegar o ônibus fresquinho e com wi-fi grátis.

Outra motorista, Juliana de Abreu, que dirige o ônibus da linha 349 – Rodoviária/Vila Formosa, avalia que os novos ônibus com ar-condicionado, mudam a vida dos profissionais. “Não só pelo ar-condicionado, mas os novos ônibus têm suspensão pneumática (a ar), o que reduz muito os impactos quando a gente dirige. O ônibus fica mais macio e confortável, tanto para nós, motoristas, como para os passageiros”, explica.

De acordo com ela, os usuários têm elogiado bastante as novidades, dizendo que os ônibus estão mais confortáveis, tanto pelo ar-condicionado, como por causa do wi-fi grátis.

Os novos ônibus com ar-condicionado da VB3 chegaram em setembro, e começaram a rodar no mês de outubro. Foram 27 novos veículos que passaram a atender os usuários de oito linhas. O investimento trouxe melhoria para a frota, já que todos os ônibus, além do ar-condicionado, vieram com os recursos de tecnologia embarcada disponíveis no mercado: telemetria, wi-fi, biometria facial, QR Code, GPS e câmeras.

A VB3 faz parte do Consórcio Urbcamp, que atua na região 3 de Campinas. Este consórcio compreende as regiões de Barão Geraldo, Sousas, Rodovia Campinas–Mogi-Mirim, Amarais e Corredor Abolição, e identificado pela cor verde.

 

Linhas atendidas pelos novos ônibus:

349 – Vila Formosa;

360 e 360.1 – Proença/Castelo;

380 – Cambuí/Norte Sul;

338 – Terminal Barão Geraldo/Shopping Iguatemi (inclusivo);

329 – Terminal Barão Geraldo/Cidade Judiciária (inclusivo);

353 – Alphaville;

342 – Jardim Aliança;

130 – Semi Expressa.

Um paralelepípedo foi jogado no para brisa de um ônibus do transporte coletivo de Campinas, na noite de ontem, em mais um caso grave de vandalismo. Felizmente não houve nenhum ferido, embora o ônibus transportasse 36 passageiros no momento do crime.

O ônibus, da linha 210 – Terminal Campo Grande/Terminal Barão Geraldo, da concessionária Itajaí Transportes Coletivos, foi atingido pela enorme pedra quando passava pela ponte do VLT da Vila Teixeira, na Avenida John Boyd Dunlop, às 23h15.

Devido ao tamanho do objetivo jogado, a situação poderia ser bem grave, caso ele tivesse acertado em algum usuário ou mesmo no motorista. Vandalismo é crime que traz prejuízos financeiros para as empresas e ainda prejudica os passageiros, pois o veículo é retirado do tráfego para o conserto. Além disso, tais atos podem machucar alguém, seja o motorista do transporte, como o usuário ou, ainda, em caso de perda de controle do veículo, poderia ter consequências mais graves.

A prevenção ainda é a melhor forma para se evitar a Dengue, a Zika e a Chikungunya. O controle dos focos do mosquito aedes aegypt nos domicílios é muito importante, principalmente com a chegada dos meses chuvosos. Pensando nisso, a Expresso Campibus resolveu capacitar uma equipe de oito colaboradores para realizar inspeções nas dependências da garagem à procura de focos do mosquito.

O trabalho será feito em duplas, semanalmente. Ao identificar um possível criadouro do mosquito, a dupla vai comunicar o fato ao SESMT (Serviço Especializado em Engenharia de Segurança e em Medicina do Trabalho), que vai aplicar inicialmente, hipoclorito de sódio (água sanitária). Quando necessário, será colhido material e enviado para análise.

A ação tem o propósito preventivo e informativo. Ao treinar uma equipe para a prevenção, estes funcionários também irão divulgar a importância da prevenção ao mosquito da dengue junto ao restante da equipe e a suas famílias, com um reflexo positivo para a saúde geral.

É a Campibus no combate à Dengue, Zika e Chikungunya!

Medidas preventivas:

  • Tampe as caixas d’água;
  • Mantenha as calhas sempre limpas;
  • Deixe garrafas sempre viradas com a boca para baixo;
  • Mantenha lixeiras bem tampadas;
  • Deixe ralos limpos e com aplicação de tela;
  • Limpe semanalmente ou preencha pratos de vasos de plantas com areia;
  • Limpe com escova ou bucha os potes de água para animais;
  • Retire água acumulada na área de serviço, atrás da máquina de lavar roupa.
  • Atenção com plantas como bromélia, babosa e outras, que acumulam água;

O Concurso de Pintura do Businho, realizado com as crianças que participam do Programa Escolas nas Garagens, teve como vencedora do mês, Elisa Alves Rodrigues da Silva, de 10 anos, aluna da escola estadual Vitório José Antônio Zamarion, no Jardim São Bento.

Elisa ganhou convites para um passeio de Maria Fumaça com a família, no trecho entre Campinas e Jaguariúna, cortesia da Associação Brasileira de Preservação Ferroviária (ABPF), parceira do programa.

Com muito capricho, Elisa fez sua pintura com a utilização de glitter e de um borrifador, que espirrou tintas coloridas no fundo do desenho, o que deu um efeito muito bonito e alegre.

A estudante explica que ficou feliz em participar do concurso, pois adora todo o tipo de artes, seja pintura, desenho, colagem ou qualquer tipo de artesanato. Afinal, sua matéria predileta na escola é Artes e ela tem em sua casa muitos livros de colorir e material de pintura, atividade que adora fazer nas horas vagas para presentear a família e os amigos.

Além de ter ficado feliz em participar do Concurso do Businho, Elisa também aprovou o passeio Escolas nas Garagens, junto com sua turma de 5º ano. “Eu conheci coisas que não sabia sobre a história da cidade. Também adorei conhecer a garagem e principalmente ver como é feita a lavagem dos ônibus”, conta a estudante.

Na escola, Elisa também gosta de matemática e de português. E, como adora animais, pensa em ser veterinária quando crescer. Por isso, sabe que precisa dar bastante atenção aos estudos.

Passeio de ônibus

O Escolas nas Garagens é um passeio de ônibus de meio período, com embarque na própria escola participante. As crianças, acompanhadas por monitores, saem um uma divertida viagem recheada de conhecimento.

No trajeto, elas recebem informações sobre cidadania e preservação ambiental e conhecem pontos históricos da cidade. Fazem ainda uma parada no Centro, no Largo do Carmo, marco zero da cidade, onde aprendem sobre o surgimento de Campinas e as transformações da cidade. Conhecem também a trajetória e a contribuição do músico Carlos Gomes para a cultura brasileira.

Depois disso, o grupo segue para uma das garagens das concessionárias, onde as crianças assistem a uma peça de teatro e tomam o lanche. Os estudantes conhecem então a rotina do sistema de ônibus e o processo de manutenção dos veículos.

Eles participam ainda do concurso de pintura, em que o melhor trabalho ganha, para ele e para a família, um passeio na maria-fumaça até Jaguariúna, cortesia da Associação Brasileira de Preservação Ferroviária (ABPF), um dos parceiros do programa.

Ao fim do passeio, no retorno à escola, os alunos recebem um kit escolar com caneta, régua, adesivos e cadernos. O programa também tem o apoio da Empresa Municipal de Desenvolvimento de Campinas (Emdec).

As escolas interessadas em participar do Escolas nas Garagens devem entrar em contato com a Diretoria de Comunicação da Transurc pelo telefone (19) 3731-2643.

Associação e empresas programam atividades para divulgar a campanha de prevenção ao câncer de próstata

Estamos em novembro, mês reservado para os cuidados com a saúde do homem. A Associação das Empresas de Transporte Coletivo Urbano de Campinas (Transurc) e as concessionárias de ônibus de Campinas apoiam a causa e orientam os seus colaboradores a cuidarem da saúde e a se prevenirem contra o câncer de próstata.

Neste ano, para dimensionarmos a gravidade do problema, são estimados mais de 68 mil novos casos no Brasil, segundo o Instituto Nacional de Câncer (Inca). Na Transurc, todos os colaboradores ganharam laços azuis e foram convidados a usar o adereço no uniforme, como forma de divulgar a campanha, de maneira a lembrar a todos os homens da necessidade deles fazerem os exames preventivos e de cuidarem da saúde. A campanha também está sendo divulgada no site www.transurc.com.br e nas redes sociais da associação.

Nas concessionárias também serão realizadas diversas atividades para estimular os cuidados com a saúde dos homens, além de palestras sobre o câncer de próstata, com orientações sobre a prevenção da doença.

Sobre o câncer de próstata

O câncer de próstata é a segunda causa de morte por câncer entre homens. Fica atrás apenas do câncer de pele não-melanoma. A faixa etária que concentra o maior número de óbitos por câncer de próstata é entre 75 e 85 anos.

Descoberta precocemente, a doença tem 90% de chances de cura. Alguns fatores aumentam o risco, como histórico familiar de câncer de próstata (pai, irmão e tio), raça (homens negros sofrem maior incidência desse tipo de câncer) e obesidade.

A única forma de garantir a cura do câncer de próstata é o diagnóstico precoce. Mesmo com a falta de sintomas, homens a partir dos 45 anos com fatores de risco, ou 50 anos sem esses fatores, devem ir anualmente ao urologista para fazer o exame de toque retal, que permite ao médico avaliar alterações da glândula, como endurecimento e presença de nódulos suspeitos. Também é necessário fazer regularmente o exame de sangue PSA (antígeno prostático específico).

 

Criatividade é o que não falta para os usuários da linha 132, em Campinas

Um grupo de usuários da linha 132 – Terminal Vida Nova resolveu aproveitar o mês do Halloween para fazer uma confraternização dentro do ônibus. Os usuários usaram  a criatividade para se fantasiar e ainda distribuíram guloseimas.

“Nosso objetivo é levar alegria para o dia de todo mundo”, explica Brandão, um dos participantes. Ele utiliza a linha diariamente, no horário das 6 da manhã.

A turminha, que se tornou amiga de tanto se encontrar no ônibus, montou um grupo no WhatsApp e sempre inventa alguma coisa para alegrar o trajeto até o trabalho.

Em novembro, o uso da biometria facial nos ônibus de Campinas para coibir fraudes no uso dos cartões Bilhete Único completa três anos. No primeiro ano de uso, foram registrados 19.223 casos de uso indevido. No ano passado, houve uma redução para 9.456 casos de fraudes.

“Neste ano, a média diária de fraudes constatadas pelo sistema é de 28 casos. Com essa média, o prejuízo anual é de R$ 50 mil”, diz Paulo Barddal, diretor de Comunicação e Marketing da Associação das Empresas de Transporte Coletivo Urbano de Campinas (Transurc). Em relação aos números iniciais, quando o sistema foi instalado, houve uma redução pela metade no número de fraudes, mas, infelizmente, o uso indevido ainda persiste e o número de reincidências é considerado alto.

Neste ano, até outubro, foram constatados 8.552 casos, dos quais 572 reincidências. “Nesses casos, o benefício é cancelado por 30 dias. No período de 10 meses, ocorreram ainda 51 casos em que o uso indevido foi de três vezes, ou seja, com cancelamento dos benefícios por 90 dias”, afirma.

Barddal lembra que o uso do cartão Bilhete Único é pessoal e intransferível e, de acordo com a legislação vigente, o uso por terceiros é considerado como infração. “Nunca é demais lembrar que as pessoas que cometem fraudes, seja no transporte ou em qualquer outro setor, prejudicam os demais. Os benefícios são concedidos para que as pessoas mais necessitadas tenham garantido o direito de ir e vir. E toda vez que há um uso indevido, aqueles que pagam a tarifa são prejudicados, pois o uso indevido impacta no cálculo da tarifa”, argumenta.

A biometria facial permite identificar se a pessoa que utiliza o cartão nas categorias gratuito, idoso, escolar e universitário, é realmente o titular do benefício. Algumas pessoas tentam burlar o sistema, utilizando-se de cartões de outras pessoas. Todos os casos de uso indevido recebem advertência por escrito quando a fraude é constatada.

Uso indevido por categoria (2017)

  • Bilhete Único Gratuito: 1.872 notificações.
  • Bilhete Único Idoso: 8.380 notificações.
  • Bilhete Único Escolar: 7.111 notificações.
  • Bilhete Único Universitário: 1.860 notificações.

TOTAL: 19.223

Uso indevido por categoria (2018)

  • Bilhete Único Gratuito: 580 notificações.
  • Bilhete Único Idoso: 3.381 notificações.
  • Bilhete Único Escolar: 4.115 notificações.
  • Bilhete Único Universitário: 1.380 notificações.

TOTAL: 9.456

 

Uso indevido por categoria (janeiro a outubro 2019)

  • Bilhete Único Gratuito: 479 notificações.
  • Bilhete Único Idoso: 1.730 notificações.
  • Bilhete Único Escolar: 4.625 notificações.
  • Bilhete Único Universitário: 1.718 notificações.

TOTAL: 8.552

 

Penalidades previstas na legislação:

  • 1º uso indevido: advertência por escrito;
  • 2º uso: cancelamento do benefício por 30 dias. Em 2019, foram 572 casos;
  • 3º uso: cancelamento do benefício por 90 dias. Em 2019, foram 51 casos;
  • 4º uso em diante: cancelamento do benefício por 180 dias.