O Centro Social Romília Maria, entidade localizada no Jardim das Oliveiras, recebeu hoje (dia 28/05), 598 peças de roupas doadas pela Campanha do Agasalho promovida pela Associação das Empresas de Transporte Urbano de Campinas (Transurc) e pelo Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros da Região Metropolitana de Campinas (SetCamp). É a segunda entidade que recebe os donativos da campanha. A primeira foi o Espaço Infantil Corrente do Bem, que atende 60 crianças carentes e recebeu 305 peças.
A campanha conta com o apoio da Associação Beneficente Acácia de Sousas (ABAS) e do Espaço Infantil Corrente do Bem. Este ano, o slogan remete a pandemia do novo coronavírus: “O frio não fica em quarentena!”.
Os donativos podem ser entregues no ônibus da campanha, posicionado no Largo do Rosário, de segunda a sexta-feira, das 8 às 17h. Outros pontos de entrega das doações são os terminais de ônibus Central, Ouro Verde, Campo Grande, Mercado, Barão Geraldo e Metropolitano e na sede da Transurc, onde serão instaladas as caixas de arrecadação.
Também foram instaladas caixas para arrecadação em todas as garagens de ônibus de Campinas e da Região Metropolitana, para que os funcionários do transporte também participem com suas doações. Os agasalhos precisam estar em bom estado de conservação.
A campanha, tradicional na cidade de Campinas, tem a participação das concessionárias do transporte urbano de Campinas – VB Transportes e Turismo (VB1 e VB3), Itajaí Transportes Coletivos, Onicamp Transporte Coletivo, Expresso Campibus e Coletivos Pádova, e da Região Metropolitana de Campinas (RMC) – VB Transportes e Turismo, Rápido Sumaré, West Side, Transportes Capellini, Lirabus e Viação Ouro Verde.
A novidade desta edição é que a campanha também recolhe alimentos não perecíveis, voltados para as famílias que passam ainda mais dificuldades com a Covid-19.
Desde o início da campanha, no dia 14 de maio, os voluntários já fizeram a triagem de 4.005 peças. A arrecadação segue até o dia 26 de junho.

Sobre o Centro Social Romília Maria – O Centro Social Romília Maria foi fundado em 1973 e desde então trabalha em prol do desenvolvimento de ações socioeducativas, culturais, de lazer e promoção social, em meio aberto, junto à crianças, adolescentes, adultos, famílias e idosos, contribuindo para o exercício da cidadania ativa. A instituição atua nas imediações da Vila Ipê, em Campinas (SP). Os programas da entidade tem como objetivo desenvolver ações que promovam o bem-estar, a prática da cidadania e a prevenção às situações de risco.