Uso da proteção facial passa a ser obrigatório no transporte urbano, conforme recomendação das autoridades de saúde

Os ônibus das concessionárias que operam o transporte urbano de Campinas, VB Transportes, Itajaí, Onicamp, Expresso Campibus e Coletivos Pádova estão recebendo neste fim de semana os adesivos com o aviso sobre a obrigatoriedade do uso de máscaras para o embarque e permanência nos veículos, que passa a valer a partir de segunda-feira, 4 de maio.

A medida é uma recomendação das autoridades de Saúde para tentar controlar o avanço do novo coronavírus.

A prefeitura de Campinas publicou decreto que obriga o uso de máscaras de proteção facial no transporte público municipal, a partir da próxima semana. A medida é válida para o transporte por ônibus, táxis e aplicativos.

Um decreto do Governo do estado de São Paulo também estipulou a obrigatoriedade do uso de máscaras pelos usuários do transporte intermunicipal em todo o Estado de São Paulo.

Os alertas serão colocados nos para-brisas dos ônibus. Passageiros sem o acessório de proteção serão impedidos de entrar nos veículos.

Ações contra a Covid-19

Os motoristas das concessionárias de Campinas já usam máscaras de proteção facial durante o expediente, há cerca de 15 dias. Mais uma das medidas de segurança adotada pelas concessionárias, como forma de proteção aos funcionários e também aos Clientes do transporte urbano, contra a Covid-19.

Só nas empresas do Grupo Belarmino, da qual faz parte a VB Transportes e Turismo (VB1 e VB3), cerca de 50 funcionários das diversas garagens, e dentro dos setores de tapeçaria, ajudaram na confecção de 17 mil máscaras de tecido, laváveis, as quais foram distribuídas para os motoristas (3 unidades) e os demais funcionários (2 unidades).
A Itajaí e Onicamp também organizaram uma equipe para a confecção das máscaras de proteção dentro das garagens, as quais foram distribuídas entre os funcionários.

Desde o início da crise do novo coronavírus, as concessionárias da cidade adotaram diversas ações para proteger os seus colaboradores e Clientes, como a intensificação da higienização dos veículos, distribuição de álcool gel 70% aos funcionários e ampla divulgação das medidas de prevenção a Covid-19.