A Associação das Empresas de Transporte Coletivo Urbano de Campinas (Transurc) cadastrou 41.072 alunos interessados em obter o benefício do desconto de 60% sobre a tarifa vigente propiciado pelo Bilhete Único Escolar. “A Transurc fez, no final do ano passado, o adiantamento de 15 mil cadastros de estudantes que já tinham o Passe Escolar e iriam utilizá-lo no ano letivo de 2012. Nossa expectativa é de que esse número chegue próximo de 60 mil até o final deste ano”, afirma Paulo Barddal, diretor de Comunicação e Marketing da associação.

O primeiro passo para obter o benefício é retirar e preencher o formulário Atestado de Matrícula para Aquisição de Passe Escolar. “Ele está disponível desde nos postos de venda localizados na sede, nos terminais Central, Barão Geraldo, Ouro Verde e Campo Grande, além do site www.transurc.com.br. O horário de atendimento em todos os postos é das 8 às 17 horas, de segunda a sexta-feira”, explica Barddal.

Após o preenchimento do formulário, o interessado deve ir até a escola onde está matriculado, colher um carimbo e a assinatura do responsável pelo estabelecimento de ensino e anexar os documentos solicitados.

“O formulário preenchido pelo estudante, assinado pelo responsável da escola, deve ser entregue na sede da Transurc ou em um dos postos localizados nos terminais onde o aluno retirou o formulário”, diz o diretor. O estudante deve anexar original e cópia de um comprovante de residência recente (dos últimos seis meses) e da Cédula de Identidade ou Certidão de Nascimento (para menores de 14 anos que não têm a carteira de identidade).

A Transurc realizará a checagem dos dados e, em 15 dias, o usuário deve retornar ao local em que entregou o formulário para retirar a Caderneta de Frequência. A caderneta é o documento que garante que o estudante continua matriculado na escola. Mensalmente, o aluno apresenta a caderneta na escola que é carimbada e assinada pelo diretor. “Esse procedimento é imprescindível para que o estudante possa continuar comprando o Passe Escolar com 60% de desconto e serve para coibir fraudes”, completa Barddal.