Hoje e amanhã (dias 10 e 11/04), das 9h às 17h, acontece o Dia D da Campanha Campinas sem Fome, realizada pela Prefeitura de Campinas. Nova arrecadação será realizada no próximo dia 17.
A Transurc e as concessionárias de ônibus apoiam esta campanha, que já ultrapassa a marca de 200 toneladas em doações. Um ônibus ficará à disposição dos voluntários para servir como ponto de apoio durante os dias de drive-thru, montado na rua Barreto Leme, na lateral do Paço Municipal. A Transurc e as concessionárias também doaram na última semana, 25 toneladas de macarrão.
O prefeito Dário Saadi esteve no local para receber e agradecer as doações.
A Campanha Campinas sem Fome foi lançada no início deste mês com o objetivo de arrecadar alimentos não perecíveis e itens de higiene para serem doados à população carente da cidade. Os
produtos doados são encaminhados para o Banco de Alimentos do município, que distribui para as entidades cadastradas no serviço.
A cidade conta ainda com os seguintes postos de arrecadação: Banco de Alimentos, Câmara Municipal de Campinas, Mercado de Flores (Ceasa), Lagoa do Taquaral, AR’ s
(Administrações Regionais), Bosque dos Jequitibás, subprefeituras, sede da Sanasa, postos descentralizados da Sanasa (Barão Geraldo, Aparecidinha, Sousas, Cambuí e Jardim Londres).
O cadastramento de famílias que necessitam de doações deve ser feito por meio do aplicativo Viva Vida.

Operadoras e associação colocam ônibus para apoio durante três dias de arrecadação

A Associação das Empresas de Transporte Coletivo Urbano de Campinas (Transurc) e as concessionárias de ônibus: VB Transportes e Turismo (VB1 e VB3), Itajaí Transportes Coletivos, Onicamp Transporte Coletivo, Expresso Campibus e Coletivos Pádova, colocarão um ônibus à disposição para servir como ponto de apoio, durante os dias de drive-thru da Campanha Campinas sem Fome, realizada pela Prefeitura de Campinas.

A campanha já arrecadou mais de 170 toneladas de alimentos até o momento, e a Transurc e as concessionárias participaram com uma doação de 25 toneladas na semana passada.

A arrecadação de doações no estilo drive-thru será realizada nos dias 10, 11 e 17 de abril, das 9h às 17h, na rua Barreto Leme. O foco será a doação de alimentos não perecíveis e de itens de higiene para famílias carentes.

A Campanha Campinas sem Fome foi lançada no início deste mês, pelo prefeito Dário Saadi, com o objetivo de arrecadar alimentos não perecíveis e itens de higiene para serem doados à população carente da cidade. Os produtos doados serão encaminhados para o Banco de Alimentos do município, que fará a distribuição para as entidades cadastradas no serviço.

No momento, a cidade conta ainda com os seguintes postos de arrecadação: Banco de Alimentos, Câmara Municipal de Campinas, Mercado de Flores (CEASA), Lagoa do Taquaral, Ar’ s (Administrações Regionais), Bosque dos Jequitibás, Subprefeituras, Sede da Sanasa, Postos descentralizados da Sanasa (Barão Geraldo, Aparecidinha, Sousas, Cambuí e Jardim Londres).

O cadastramento de famílias que necessitam de benefícios em alimentação deve ser feito através do Aplicativo Viva Vida.

 

Ação aconteceu na manhã de hoje (7), no Terminal Central, e mostrou como é utilizado o equipamento que combate o coronavírus

O Sindicato das Empresas de Transporte Metropolitano e Urbano de Passageiros da Região Metropolitana de Campinas (SetCamp) e as concessionárias de ônibus de Campinas fizeram na manhã de hoje, no Terminal Central, uma demonstração de como é realizada a desinfecção dos ônibus nestes tempos de coronavírus.

Um novo equipamento chamado nebulizador atomizador a frio, que é utilizado na desinfecção de ambientes hospitalares, cria micropartículas que conforme se assentam nas superfícies fazem uma completa desinfecção local. Este equipamento passou a ser utilizado nas garagens após a higienização normal realizada nas partes interna e externa dos ônibus.

O produto aplicado é um desinfetante à base de cloreto de benzalcônio, cujo tempo de ação é de até quatro dias. Trata-se de um agente virucida indicado para os vírus do grupo coronavírus e que foi testado pela Unicamp e aprovado pela Anvisa.

A aplicação é feita por toda a extensão interna dos veículos, como poltronas, balaústres, encostos de banco, pega-mão, bagageiros, revestimentos laterais, piso e teto.

O vendedor William Eurípedes de Araújo achou interessante conhecer o equipamento utilizado, pois sentiu mais segurança quanto a desinfecção dos ônibus. “Embora eu não esteja trabalhando por causa das restrições do momento, uso o ônibus sempre que preciso sair de casa, como hoje que fui ao dentista, e é importante a gente ter esta segurança”, analisa.

O presidente da Empresa Municipal de Desenvolvimento de Campinas (Emdec), Ayrton Camargo e Silva, acompanhou a ação e parabenizou as operadoras pela iniciativa em fazer esta demonstração pública. “Essa ação é da maior importância para mostrar à população que as concessionárias, assim como o poder público, procuram fazer todo o possível para conter o vírus. É um desafio para todos, e mostrar o que é feito também funciona como uma ação educativa, pois mostra a responsabilidade de cada um neste processo de conter a pandemia”, disse.

O uso deste novo equipamento é apenas mais um reforço das ações que as concessionárias já vêm tomando desde o início da pandemia, para proteger os usuários e motoristas de ônibus contra a Covid-19.

Além da limpeza e desinfecção frequente nos ônibus, todos os motoristas usam máscaras de proteção e álcool gel. As operadoras ainda realizam a medição da temperatura corporal dos motoristas, antes que eles iniciem sua jornada de trabalho, e, dentro das garagens há uma ampla divulgação das medidas de prevenção da Covid-19.

“As ações vêm sendo realizadas desde o início da pandemia. Ao mesmo tempo que afastamos os funcionários pertencentes ao grupo de risco, aprofundamos os cuidados sanitários e incentivamos a utilização de máscaras e demais cuidados recomendados pelas autoridades sanitárias”, afirma Paulo Barddal, diretor de Comunicação do SetCamp.

 

A Associação das Empresas de Transporte Coletivo Urbano de Campinas (Transurc) protocolou hoje um ofício ao prefeito de Campinas, Dário Saadi, com uma solicitação para a inclusão dos funcionários do transporte no grupo prioritário da campanha municipal de vacinação contra a Covid-19.
Em Campinas, embora não tenha sido registrado nenhum caso de morte entre os motoristas, mas por ser o transporte um serviço essencial, e diante do cenário atual, a associação e as concessionárias avaliam que os motoristas e demais trabalhadores do transporte coletivo devem ter prioridade na vacinação.
O ofício seguiu com cópia aos secretários de Saúde e de Transporte da cidade.

Apenas pagamentos com cartão de crédito e débito serão aceitos no local


A Transurc abriu hoje uma nova opção de atendimento na Vila Padre Anchieta, destinada aos usuários que precisam comprar créditos para o Bilhete Único Comum, Escolar, Universitário e também para a compra de QR Code.

O serviço vai funcionar dentro do Terminal Padre Anchieta, de segunda a sexta-feira, das 6h às 19h. No local, serão aceitos apenas pagamentos em cartão de crédito ou débito. O atendimento aos usuários será feito por duas funcionárias da Transurc.

Além deste novo ponto de atendimento, a Vila Padre Anchieta conta com outros cinco credenciados para a venda de recarga de Bilhete Único e de QR Code.

Confira todos os pontos de atendimento no bairro:

1) Terminal Vila Padre Anchieta – Rua Papa São Dionísio, 395;
2) Conect Games – Rua João Paulo, 0, na lateral do terminal;
3) Vânia Gonçalves – Rua Dom Humberto Mazzoni, 56;
4) Batata Piradinha – Rua São Tomás de Aquino, 125;
5) Lanchonete Sabores – Rua Alberto Bosco, 535;
6) Bem Calçados – Rua Papa São Marcos, 41. 

Operadoras e associação se juntaram para doar 25 toneladas de alimentos não perecíveis para ajudar famílias carentes de Campinas

A Associação das Empresas de Transporte Coletivo Urbano de Campinas (Transurc) e as concessionárias de ônibus: VB Transportes e Turismo (VB1 e VB3), Itajaí Transportes Coletivos, Onicamp Transporte Coletivo, Expresso Campibus e Coletivos Pádova, participam da “Campanha Campinas sem Fome”. A associação e as operadoras se juntaram para doar 25 toneladas de alimentos não perecíveis, que ajudarão a alimentar as famílias que precisam de ajuda neste período difícil, provocado pela pandemia de Covid-19.

A entrega dos donativos foi feita na sede da Prefeitura de Campinas e contou com a presença do prefeito Dário Saadi; da secretária de Assistência Social, Vandecleya Moro; dos diretores das concessionárias – Coletivos Pádova, Hélio Bortolotto Júnior, e Expresso Campibus, Manoel Adair.

“Com a pandemia e as restrições impostas no sentido de combater a propagação da Covid-19, muitas pessoas estão perdendo seus empregos e passando fome. Por isso, o setor de transporte, essencial para a sociedade, também resolveu dar a sua contribuição”, afirma Paulo Barddal, diretor de Comunicação e Marketing da Transurc.

A Campanha Campinas sem Fome foi lançada na semana passada pelo prefeito Dário Saadi, com o objetivo de arrecadar alimentos não perecíveis e itens de higiene para serem doados à população carente da cidade.

“Agradeço a todos os empresários da Transurc por esta importante doação de 25 toneladas de macarrão. Com isto, já estamos chegando a quase 180 toneladas de alimentos arrecadados, que vão ajudar muitas famílias. Afinal, nós temos certeza que esta pandemia vai passar, mas ela tem causado muitos estragos em nossa comunidade e trazido insegurança e fome para as famílias”, afirmou Dário, durante a entrega das doações.

Os produtos serão encaminhados para o Banco de Alimentos e, posteriormente, distribuídos para as famílias cadastradas, por intermédio de mais de 140 entidades parceiras entre organizações da sociedade civil e instituições religiosas.

Campanha Campinas sem Fome

A Campanha contará com uma ação de arrecadação no estilo drive-thru, a ser realizada no paço municipal da Prefeitura de Campinas, localizada na Avenida Anchieta, 200, denominada de “Dia D”, e acontecerá dias 10 e 11 de abril, das 9 às 17h. O foco será a doação de alimentos não perecíveis e de itens de higiene para famílias carentes.

No momento, a cidade conta ainda com os seguintes postos de arrecadação: Banco de Alimentos, Câmara Municipal de Campinas, Mercado de Flores (Ceasa), Lagoa do Taquaral, ARs (Administrações Regionais), Bosque dos Jequitibás, subprefeituras, sede da Sanasa, postos descentralizados da Sanasa (Barão Geraldo, Aparecidinha, Sousas, Cambuí e Jardim Londres).

As pessoas que quiserem fazer doações, também podem ligar no telefone (19) 3735-5400; enviar mensagem pelo (19) 98455-3777 (WhatsApp) ou pelo e-mail voluntariado@sanasa.com.br.

O cadastramento de famílias que necessitam de doações deve ser feito por meio do aplicativo Viva Vida, que já possui cerca 25 mil famílias cadastradas.

Nebulizadores são mais uma medida para combater a Covid-19 e proteger usuários e motoristas

As concessionárias do transporte urbano de Campinas investiram na compra de equipamentos para aplicação de desinfetantes, que passam a reforçar ainda mais o combate ao coronavírus dentro dos ônibus.
O equipamento escolhido foi um nebulizador atomizador a frio, utilizado para desinfecção de ambiente hospitalar e de uso geral.

Ele cria micropartículas que, conforme se assentam nas superfícies, fazem uma completa desinfecção. O produto aplicado é um desinfetante à base de cloreto de benzalcônio, que foi testado e aprovado em laboratório pela Unicamp (Universidade Estadual de Campinas), além de ter seu registro na Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

O produto, cujo tempo de ação é de quatro dias, é recomendado por ser um agente virucida para os vírus do grupo Coronavírus e sua aplicação é feita por toda a extensão interna dos veículo, como poltronas, balaústres/pega-mão, encostos, revestimentos laterais, piso e teto.

As operadoras ressaltam que o uso deste novo equipamento é apenas mais um reforço das ações que elas já vêm tomando desde o início da pandemia, para proteger os usuários e motoristas de ônibus contra a Covid-19.

Os veículos passam por limpeza frequente na parte interna e externa e também no sistema de ar-condicionado, nos ônibus que dispõem deste equipamento. Além disso, o uso de máscaras é obrigatório para os colaboradores e também é feita a distribuição de álcool gel 70%.

Dentro das garagens há uma ampla divulgação das medidas de prevenção da Covid-19, e os motoristas passam por aferição da temperatura, diariamente, quando chegam para o trabalho.

A Expresso Campibus, a VB1 e a VB3 aproveitaram o Dia da Mulher para prestar uma homenagem a suas equipes femininas com a distribuição de presentes. Além disso, a Transurc, o SetCamp e as concessionárias do Transporte Urbano de Campinas, prestaram uma homenagem especial a todas as mulheres, com a divulgação de um vídeo nas redes sociais.
 
Para comemorar o Dia da Mulher, a Expresso Campibus presenteou suas colaboradoras com o livro Alimentos que Curam, da editora Lafonte. A operadora quis oferecer um presente para estimular a sua equipe feminina a reforçar os cuidados com a saúde, já que o livro traz ótimas dicas sobre alimentos saudáveis.
 
Na VB1 o presente foi uma máscara rosa e um cordão para colocar o crachá com os dizeres: “Você pode ser o que quiser”. A VB3 também distribuiu máscaras rosa para suas colaboradoras.
 
Já o vídeo que foi divulgado nas redes sociais da Transurc, mostra como as mulheres estão em todos os lugares e contam sempre com o apoio do transporte público para suas inúmeras tarefas do dia a dia. Mulheres que são mães, avós, trabalhadoras das mais diversas áreas de atuação, estudantes, desempregadas, enfim mulheres que merecem esta homenagem.

Por conta da pandemia, número está bem abaixo dos anos anteriores, pois muitos estudantes ainda não retornaram às aulas presenciais

Mais de 5,2 mil estudantes de Campinas já desfrutam do benefício de desconto nas tarifas de ônibus este ano, com a utilização do Bilhete Único Escolar e do Bilhete Único Universitário. Do total de cartões aprovados até o final de fevereiro, 1.231 foram destinados a estudantes universitários e 4.024 a alunos dos ensinos Fundamental, Médio e de cursos técnicos.

Embora as aulas presenciais tenham sido retomadas na maioria das escolas particulares e estaduais, as escolas municipais definiram pela retomada apenas no mês de abril. E mesmo com a retomada das aulas presenciais, as escolas continuam funcionando com o sistema híbrido, isto é, aulas presenciais e também aulas on-line, o que reduz muito o número de alunos que precisam se deslocar no dia a dia até a escola. O mesmo acontece nas universidades, cujos alunos continuam com a maior parte das aulas on-line.

Por isso, o número de alunos em busca de passe este ano continua bastante baixo em relação aos anos anteriores. Nesta mesma época do ano passado, por exemplo, mais de 23 mil estudantes já utilizavam o Passe Escolar e o Universitário na cidade.

A expectativa da Associação das Empresas de Transporte Coletivo Urbano de Campinas (Transurc) é que a procura aumente à medida que mais estudantes retornem às aulas presenciais.

 Como obter o passe

Os estudantes dos ensinos Fundamental e Médio e dos cursos Técnico e Universitário, que utilizaram o Bilhete Único Escolar ou Universitário em 2020, precisam atualizar seu cadastro no site da Transurc (www.transurc.com.br), para poder continuar com o benefício este ano. Os novos usuários também devem acessar o site para se cadastrar.

Os alunos que permanecerão nas mesmas escolas do ano passado, devem acessar o site da Transurc, ratificar os dados cadastrais, emitir o boleto bancário e efetuar o pagamento da taxa. Após o pagamento, em um prazo de cinco dias úteis, será liberado o cadastro para esses estudantes e a recarga poderá ser feita normalmente.

Quem mudou de estabelecimento de ensino ou de residência, ou não tinha o benefício em 2020, deve entrar no site da associação, acessar os ícones: cadastro escolar ou cadastro universitário, e seguir as instruções para fazer sua solicitação on-line.

Será necessário preencher todos os dados solicitados, além do número do CPF, de uma foto e comprovante de residência válido. Tudo em formato digital.

Todos os estudantes que tiverem seu cadastro aprovado terão que pagar a taxa no valor de duas tarifas vigentes, cujo boleto para pagamento deve ser impresso por meio do site. Após o pagamento desta taxa, em um prazo de até cinco dias úteis, o estudante será liberado para iniciar as recargas.

Em caso de dúvidas, os usuários podem ligar no Disque-Transurc, pelos fones: 0800 0140204 (ligações de telefone fixo) ou 3731-2600, ramal 9.

Quem tem direito                                                                                                 

O Bilhete Único Escolar (cartão azul) pode ser utilizado pelos estudantes dos ensinos Fundamental, Médio e cursos técnicos da rede oficial e particular, e propicia um desconto de 60% na tarifa de ônibus.

É oferecido para os alunos que residem na cidade, a mais de 1.000 metros do estabelecimento de ensino. Os estudantes universitários que frequentam aulas em regime presencial integral também precisam se cadastrar pelo site para ter direito ao Bilhete Único Universitário (cartão cinza), que concede um desconto de 50% na tarifa.

O interessado deve morar em Campinas, estar regularmente matriculado em instituição de Ensino Superior do município e residir a mais de 1 quilômetro da universidade. Mesmo os estudantes que usufruíram o benefício em 2020 devem se recadastrar pelo site.

Durante o mês de fevereiro, um grupo de colaboradores da VB3, concessionária que opera o transporte coletivo em Campinas, participou do Ciclo de Treinamento voltado para a manutenção dos ônibus da marca Volkswagen. Foram quatro treinamentos completos, com carga horária de 120 horas, realizados pela Volkswagen e pela Concessionária Tietê.

Os cursos: Manutenção e Reparo de Motores MAN D08, Gerenciamento Eletrônico Motor MAN, Manutenção e Reparos de Caixa ZF e Sistema de Freios ABS – Linha Volks, foram realizados para 35 colaboradores do setor de Manutenção, três da área de montagem de motores, além do instrutor técnico de manutenção da VB3. O encerramento do Ciclo de Treinamento ocorreu no dia 24/02, na sala de treinamento da transportadora.

A VB3 conta com 125 ônibus VW em sua frota, os quais foram adquiridos zero-quilômetro no ano passado, após um investimento de R$ 52 milhões. Todos os ônibus vieram equipados com tecnologia de ponta, entre as quais a acessibilidade, biometria facial, GPS, câmeras, QR Code, telemetria, WI-FI, tomadas USB para carregamento de celulares, suspensão pneumática e ar-condicionado.

Agora, com este importante treinamento voltado para a manutenção dos ônibus VW, a equipe está ainda mais apta a trabalhar nos cuidados preventivos e corretivos da frota, o que reflete em mais qualidade e rapidez na solução dos problemas e, consequentemente em um melhor atendimento aos passageiros.

Além disso, em tempos de pandemia do novo coronavírus, quando tantas empresas têm precisado demitir funcionários, a VB3 aproveita o momento difícil para melhorar a qualificação de sua equipe.

Os participantes agradeceram a equipe responsável pelo Ciclo de Treinamento e elogiaram o conteúdo das aulas. A empresa agradeceu o empenho de toda a equipe, que esteve bastante ativa durante as aulas.