Concessionária de ônibus de Campinas atendeu requisitos exigidos pelo Programa Despoluir, que inspeciona a emissão de poluentes

 

Todos os ônibus da frota da Expresso Campibus, uma das concessionárias do transporte urbano de Campinas, receberam o Selo Verde por atender os requisitos exigidos pelo programa Despoluir, uma iniciativa conjunta da Confederação Nacional do Transporte (CNT), do Serviço Social do Transporte (Sest), do Serviço Nacional de Aprendizagem do Transporte (Senat) e da Federação das Empresas de Transportes de Passageiros do Estado de São Paulo (FETPESP).

Para conseguir este selo, os responsáveis pelo programa avaliam a emissão de poluentes na frota das empresas, por meio de uma inspeção acreditada pela Cetesb. As empresas, cujos veículos são aprovados na inspeção, são enquadradas como empresas parceiras do meio ambiente.

A Expresso Campibus recebeu do FETPESP um certificado por sua adesão ao Programa Despoluir, contribuindo para a melhoria da qualidade de vida e preservação do meio ambiente.

A empresa, que já realiza periodicamente medições da emissão de poluentes em sua frota para manter o controle de acordo com a legislação vigente, é uma das operadoras que atende a região 2 da cidade, e identifica-se pela cor vermelha.

Com o Programa Despoluir, a CNT e o Sest-Senat estimulam e defendem um transporte cada vez mais limpo, eficiente e sustentável, que traz benefícios não apenas aos trabalhadores, mas principalmente a toda a sociedade.


Um grupo de vândalos atirou pedras nos ônibus que trafegavam pela Rodovia Santos Dumont, na região do Parque Oziel, às 5h50 da manhã de hoje. Eles atingiram cinco ônibus da concessionária VB1, que atende os moradores da região, provocando diversos estragos. O prejuízo deve chegar a cerca de R$ 35 mil para a empresa.

Os bandidos estavam no ponto de ônibus da rodovia, quando passaram a atirar pedras nos veículos que trafegavam pelo local, em especial nos ônibus. Ninguém se machucou, embora o risco tenha sido bastante grande, pois haviam passageiros dentro dos ônibus no momento da ocorrência. A Guarda Municipal foi chamada.

Foram atingidos os seguintes veículos: carro 1782, da linha 120, que teve o parabrisa quebrado; carro 1112, da linha 195, que também ficou com o parabrisa dianteiro quebrado; carro 1111, da linha 194, que teve a janela quebrada; carro 1776, da linha 117, que ficou com o vidro da porta quebrado e o carro 1079, da linha 120, também com o vidro da porta quebrado.

Segundo a empresa, ocorrências como esta são comuns na região, nos fins de semana, por conta de bailes realizados e que recebem um grande número de pessoas.

 

Terminal Central e Metropolitano recebem na próxima semana, totens de autoatendimento para compras com uso do cartão de crédito ou débito

A Associação das Empresas de Transporte Urbano de Campinas (Transurc), entidade responsável pela gestão do sistema de bilhetagem eletrônica, implanta mais uma facilidade para a compra de passagens de ônibus com QR Code ou Bilhete Único Comum. Trata-se da instalação das primeiras máquinas de autoatendimento (ATMs), nos terminais Central e Metropolitano de Campinas, com funcionamento 24 horas.

O usuário que passar por um desses terminais e precisar comprar sua passagem de ônibus, vai poder, a partir da próxima semana, utilizar a máquina de autoatendimento e pagar com seu cartão de crédito ou débito. Tudo muito fácil e rápido!

A novidade vai reduzir as filas nos postos de atendimento da Transurc nestes terminais, que são justamente os mais movimentados da cidade. Isto porque os usuários de cartões poderão utilizar diretamente os totens, que são bastante simples e autoexplicativos.

Além de agilizar a compra das passagens, a novidade também ajuda a reduzir o contágio da Covid-19, pois evita as aglomerações nas bilheterias.

Vantagens do BU

Cerca de 99% dos usuários de ônibus de Campinas utilizam o Bilhete Único por conta das vantagens que ele oferece. Com o cartão comum, a passagem custa R$ 4,55, ao passo que no pagamento pelo QR Code, o valor é de R$ 4,95. Além disso, o BU proporciona a integração, ou seja, o uso de um segundo ônibus por um período de duas horas, pagando uma tarifa. Apenas a partir da segunda integração nesse período (embarque no terceiro ônibus) é cobrada uma taxa de R$ 0,40. O benefício é válido para todos os dias da semana.

Outra vantagem é a segurança a motoristas e passageiros pois com o fim do uso do dinheiro para embarque não existem mais os assaltos. O Bilhete Único Comum é gratuito e pode ser feito por qualquer pessoa, mesmo não residente em Campinas, com a apresentação de CPF e RG.

Transurc e Hospital Santa Tereza se unem em campanha de prevenção do câncer

 Nos dois meses reservados para os cuidados com a saúde da mulher – Outubro Rosa, e do homem – Novembro Azul, a Transurc e o Hospital Santa Tereza se uniram para reforçar as campanhas mundiais de prevenção ao câncer de mama, câncer de colo de útero e câncer de próstata. Seis ônibus das concessionárias de Campinas foram adesivados em azul e rosa para lembrar a população sobre a importância de cuidar da saúde.

“A promoção à saúde é o tema comum dessas campanhas, e o Hospital Santa Tereza exerce sua responsabilidade social ao lembrar a importância da prevenção. Quanto mais precoce se descobre o câncer mais chances de cura. E hoje um diagnóstico não é mais uma sentença. A medicina evoluiu muito”, declara Ubertinele Pereira Fraga, diretor médico do Hospital Santa Tereza.

A ação conta com o apoio das concessionárias do transporte urbano de Campinas, VB Transportes e Turismo (VB1 e VB3), Expresso Campibus e Coletivos Pádova. “Todos os anos, com o intuito de conscientizar mulheres e homens, fazemos a campanha. Acreditamos que a adesivação de ônibus contribui para alertar e incentivar as pessoas a tomarem medidas preventivas contra a doença”, afirma Paulo Barddal, diretor de Comunicação e Marketing da associação.

Andorinhas

Além das cores, azul e rosa, e do laço azul, os ônibus adesivados trazem ainda em seu design, algumas andorinhas, que remetem ao tempo em que Campinas ficou conhecida nacionalmente como “Cidade das Andorinhas” por causa dos voos rasantes dessas pequenas aves em alguns pontos da cidade.

Embora mais raras que no passado, as andorinhas ainda aparecem de tempos em tempos por aqui e, para quem passa por problemas de saúde, elas possuem um importante simbolismo, que é a esperança, a boa sorte e a renovação.

Outras atividades também estão sendo realizadas para conscientizar a população e os colaboradores das empresas do setor a cuidarem da saúde e prevenir o câncer. O site da Transurc foi colorido de rosa e algumas motoristas das concessionárias fizeram vídeos para as mulheres, onde falam da importância da campanha e dos cuidados com a prevenção ao câncer. Para novembro serão realizadas outras atividades, desta vez, voltadas para a saúde masculina, como um vídeo com os homens dando seu recado sobre os cuidados para evitar o câncer de próstata.

Sobre o Outubro Rosa

Outubro Rosa é uma campanha de conscientização realizada mundialmente, que tem como objetivo principal alertar as mulheres e a sociedade sobre a importância da prevenção e do diagnóstico precoce do câncer de mama e, mais recentemente, também do câncer de colo do útero.

O câncer de mama é o tipo de câncer mais comum entre as mulheres em todo o mundo, depois do de pele não melanoma. No Brasil, o segundo tipo que mais acomete toda a população (homens e mulheres) é o de cólon e reto, e o terceiro tipo que mais acomete as mulheres é o de colo de útero.

Segundo o Instituto Nacional de Câncer (Inca), na projeção 2020/2022, são esperados 66 mil novos casos de câncer de mama no Brasil a cada ano, e 16 mil novos casos de câncer de colo de útero.

A entidade indica que cerca de 30% dos casos de câncer de mama podem ser evitados com a adoção de hábitos saudáveis, como praticar atividades físicas, alimentar-se de forma saudável, manter o peso adequado, evitar bebidas alcoólicas, amamentar e evitar o uso de hormônios sintéticos, como anticoncepcionais e terapias de reposição hormonal.

O Inca ainda traz outras dicas para evitar o câncer nas mulheres, como não fumar; fazer o exame preventivo do câncer do colo do útero a cada três anos para mulheres entre 25 e 64 anos e vacinar contra o HPV as meninas de 9 a 14 anos.

É importante lembrar que quanto mais cedo a doença é diagnosticada, maiores são as chances de sucesso no tratamento. O autoexame das mamas pode ser feito mensalmente, preferencialmente no mesmo dia do mês. No entanto, ele não dispensa o acompanhamento médico, que pode indicar a necessidade de exames como o ultrassom e a mamografia. Principalmente após os 40 anos ou antes disso para quem tem histórico familiar da doença, a mamografia anual é o exame mais indicado para a detecção da doença.

Sobre o Novembro Azul

Novembro Azul é uma campanha de conscientização realizada mundialmente, que tem como objetivo principal alertar os homens e a sociedade sobre a importância da prevenção e do diagnóstico precoce do câncer de próstata.

O câncer de próstata é o tipo de câncer mais comum entre os homens, depois do de pele não melanoma.  Segundo o Instituto Nacional de Câncer (Inca), a estimativa é de que sejam registrados mais de 65 mil novos casos no Brasil este ano.

A detecção precoce da doença é importante, pois aumenta muito as chances de cura. Por isso, os homens devem deixar qualquer preconceito de lado e fazer os exames preventivos.

A idade é um fator importante, pois, segundo o Inca, a maioria dos casos aparecem em homens a partir dos 65 anos. Após os 80 anos, a incidência é ainda maior, podendo atingir metade dos homens.

Acesso ao sistema de cadastro da Transurc também será liberado

Os estudantes de Campinas já podem voltar a utilizar o Passe Escolar nos ônibus de Campinas, após resolução n° 118/2020 ser publicada no Diário Oficial de hoje, pela Secretaria Municipal de Transportes.

O texto restabelece o cadastramento, a comercialização e a aceitação do Passe Escolar no Sistema de Transporte Coletivo Municipal, a partir do dia 7 de outubro (próxima quarta-feira).

Os estudantes que já tinham crédito no Passe Escolar podem voltar a utilizá-lo normalmente e as recargas também serão liberadas para quem precisa se locomover para estudar. O Passe Universitário também está liberado para quem voltou a ter aulas presenciais.

O acesso ao sistema da Transurc, por meio do site: www.transurc.com.br, para quem precisa se cadastrar para o Passe Escolar, o qual esteve bloqueado nos últimos meses, também será liberado a partir da próxima semana.

Para orientar estudantes durante o processo de solicitação do passe, a Transurc disponibiliza um guia passo a passo no site www.transurc.com.br. Os estudantes também podem tirar suas dúvidas diretamente com os atendentes, por meio do Disque-Transurc: 0800-0140204 (ligação gratuita, mas é necessário telefone fixo).

O estudante que precisa atualizar seu cadastro, ou fazê-lo pela primeira vez, deve preencher corretamente os dados, que serão validados pela Transurc e pelas escolas ou universidades. Depois disso ele deverá pagar a taxa de serviço e, após a baixa bancária, o cartão será liberado para recarga.

Quem tem direito

O Bilhete Único Escolar (cartão azul) pode ser utilizado pelos estudantes dos ensinos Fundamental, Médio e de cursos técnicos da rede oficial e particular, e propicia um desconto de 60% na tarifa de ônibus. É oferecido para os alunos que residem na cidade, a mais de 1.000 metros do estabelecimento de ensino.

Os estudantes universitários que frequentam aulas em regime presencial integral também precisam se cadastrar pelo site para ter direito ao Bilhete Único Universitário (cartão cinza), que concede um desconto de 50% na tarifa. O interessado deve morar em Campinas, estar regularmente matriculado em Instituição de Ensino Superior (IES) do município e residir a mais de 1 km da universidade.

Todos os estudantes que querem usar o benefício precisam ter o cadastro atualizado para 2020 no site da Transurc.

  

A VB1, concessionária do transporte coletivo de Campinas, que atua na região 1 e identifica-se pela cor azul-clara, realiza uma ação especial para suas colaboradoras, em função da Campanha Outubro Rosa.
A intenção é conscientizar a equipe feminina da empresa sobre os cuidados com a saúde.
A ação é coordenada pela auxiliar de enfermagem do trabalho, Natália Neiva de Oliveira, junto com a equipe de instrutores, e consiste na abordagem das funcionárias com a distribuição de um informativo sobre a prevenção ao câncer de mama, além da distribuição de um laço rosa a todas as colaboradoras e em todos os terminais onde a empresa opera.
Outubro é o mês mundial de conscientização sobre a importância da prevenção e diagnóstico precoce do câncer de mama e, mais recentemente, também do câncer de colo do útero.

Campanha da Transurc marca mês de cuidados com a saúde feminina

No Outubro Rosa, o site, Facebook e Instagram da Transurc será colorido em rosa, em homenagem ao mês de cuidados com a saúde feminina. Além disso, motoristas do sistema deixarão seu recado em um lindo vídeo para lembrar as mulheres de se cuidarem.

As concessionárias de Campinas também vão realizar ações voltadas para as funcionárias, com a divulgação de informativos que reforçam a necessidade delas cuidarem de sua saúde e de fazerem os exames preventivos de câncer de mama e de colo de útero.

Afinal, Outubro Rosa é uma campanha de conscientização realizada mundialmente, que tem como objetivo principal alertar as mulheres e a sociedade sobre a importância da prevenção e do diagnóstico precoce do câncer de mama e, mais recentemente, também do câncer de colo do útero.

Sobre o câncer em mulheres

O câncer de mama é o tipo de câncer mais comum entre as mulheres em todo o mundo, depois do de pele não melanoma. No Brasil, o segundo tipo que mais acomete toda a população (homens e mulheres) é o de cólon e reto, e o terceiro tipo que mais acomete as mulheres é o de colo do útero.

Segundo o Instituto Nacional de Câncer (Inca), na projeção 2020/2022, são esperados 66 mil novos casos de câncer de mama no Brasil a cada ano, e 16 mil novos casos de câncer de colo de útero.

A entidade indica que cerca de 30% dos casos de câncer de mama podem ser evitados com a adoção de hábitos saudáveis, como praticar atividades físicas, alimentar-se de forma saudável, manter o peso adequado, evitar bebidas alcoólicas, amamentar e evitar o uso de hormônios sintéticos, como anticoncepcionais e terapias de reposição hormonal.

O Inca ainda traz outras dicas para evitar o câncer nas mulheres, como não fumar; fazer o exame preventivo do câncer do colo do útero a cada três anos para mulheres entre 25 e 64 anos e vacinar contra o HPV as meninas de 9 a 14 anos.

É importante lembrar que quanto mais cedo a doença é diagnosticada, maiores são as chances de sucesso no tratamento. O autoexame das mamas pode ser feito mensalmente, preferencialmente no mesmo dia do mês. No entanto, ele não dispensa o acompanhamento médico, que pode indicar a necessidade de exames como o ultrassom e a mamografia. Principalmente após os 40 anos ou antes disso para quem tem histórico familiar da doença, a mamografia anual é o exame mais indicado para a detecção da doença.

Outubro Rosa

O movimento surgiu em 1990, na primeira Corrida pela Cura, realizada em Nova York, que desde então vem sendo promovida anualmente na cidade. O nome remete à cor rosa que simboliza, mundialmente, a luta contra o câncer de mama e estimula a participação da população, de empresas e entidades.

As concessionárias de Campinas, juntamente com a Associação das Empresas de Transporte Coletivo Urbano de Campinas (Transurc) e o Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros da Região Metropolitana de Campinas (SetCamp) realizam ações para marcar a Semana Nacional do Trânsito, comemorada de 18 a 25 de setembro, e o Dia Mundial sem Carro, comemorado amanhã (22).

As operadoras VB1 e VB3 participam das ações da Semana Nacional do Trânsito, com atividades voltadas para os motoristas e para a prevenção de acidentes. Em parceria com o Sest Senat (Serviço Social do Transporte e Serviço Social de Aprendizagem do Transporte), as duas transportadoras organizam o evento Transporte em Ação, que conta com a divulgação dos serviços oferecidos pelo Sest Senat para o setor, além da distribuição de brindes e orientações de um dentista e um orientador físico sobre cuidados com a saúde e melhoria da qualidade de vida. Na VB3, a ação acontece no dia 23 (quarta-feira), das 9h ao meio-dia, e na VB1, no dia 25 (sexta-feira), também das 9h ao meio-dia.

A Transurc e o SetCamp organizaram um vídeo com os motoristas das concessionárias do transporte urbano de Campinas, pelo Dia Mundial sem Carro, no qual os condutores ressaltam a importância do trabalho dos motoristas, que como tantos outros trabalhadores, fazem parte da linha de frente nesta pandemia.
No vídeo, eles reforçam as medidas de segurança que têm sido tomadas nos ônibus contra a transmissão da Covid-19, como o uso de máscaras, a higienização dos veículos e a utilização de álcool gel. “Juntos, vamos vencer esta
pandemia!”, diz o motorista Bruno Feitosa Cavalcante, da Expresso Campibus.


Para marcar a Semana Nacional do Trânsito, a VB1 também organizou uma campanha de Prevenção de Acidentes com o tema Dirigir e Viver. De 18 a 25/09 estão sendo feitas blitze nos corredores de ônibus e principais pontos de registro de ocorrências, para a conscientização e sensibilização dos condutores na prevenção de acidentes.

 

Ações no país
Diversas ações estão sendo realizadas em todo o País durante a Semana Nacional do Trânsito, sempre com o objetivo de conscientizar motoristas, passageiros, motociclistas, ciclistas e pedestres. Com o tema “Perceba o risco, proteja a vida”, definido pelo Conselho Nacional de Trânsito, o foco é chamar a atenção sobre os perigos no trânsito e outros riscos à saúde do cidadão.

Publicado em: 17 de setembro de 2020

Diário do Transporte: https://diariodotransporte.com.br/2020/09/17/empresa-de-onibus-de-campinas-comeca-a-fiscalizar-veiculos-por-aplicativo/

CittaSuper substitui modelo convencional e permite monitoramento em tempo real das linhas

WILLIAN MOREIRA

A Expresso Campibus, que atua no transporte coletivo de Campinas, no interior de São Paulo, implantou um novo sistema de fiscalização dos ônibus e operação de suas linhas através de um aplicativo.

Por meio do CittaSuper, os agentes de fiscalização recebem informações em tempo real da operação como, linhas, horários das próximas viagens e previsão de chegada e saída dos veículos, permitindo um acompanhamento constante.

O formato de monitoramento via GPS se conecta diretamente com os tablets dos fiscais, Centro de Controle Operacional e equipe de gestão da empresa, substituindo o sistema manual e físico que era muito mais impreciso.

A concessionária atua na região 2 de Campinas em linhas que levam aos terminais Central, Mercado e Padre Anchieta, que agora tem uma ferramenta adicional no controle dos coletivos, refletindo em melhoria para os passageiros e para o meio ambiente, uma vez que o uso de folhas de papel foi drasticamente reduzido.

Willian Moreira em colaboração especial para o Diário do Transporte